Microfone de karaokê faz teste do bafômetro

Publicado originalmente em 23/05/12.

O Bar Aurora e o Boteco Ferraz realizaram mais uma ação inusitada para conscientizar sobre o consumo responsável de álcool. Os estabelecimentos de São Paulo, localizados no Itaim Bibi, montaram um palco onde os consumidores podiam escolher uma música, subir e cantar como um karaokê comum.

Após a apresentação, no entanto, o “cantor” não recebia uma nota pelo seu desempenho no palco. No lugar, aparecia no telão a quantidade de álcool que cada cantor continha no sangue, o que foi possível devido ao aparelho de bafômetro que estava dentro do microfone. Como recompensa, os participantes receberam um vale desconto de táxi.

A primeira iniciativa de sucesso para o Bar Aurora e o Boteco Ferraz foi a “Conta de 73 mil reais”, realizada em 2010, que somava os custos de ambulância, UTI, equipe médica, amputação e cadeira de rodas, despesas que os clientes poderiam ter ao beber e sair do bar dirigindo.

Em 2011, foi a vez do “Drunk Valet”. Ao chegar a um dos bares, o cliente se deparava com um manobrista bêbado para provar que não vale a pena dirigir nestas condições. Todas as ações promocionais foram criadas e desenvolvidas pela Ogilvy & Mather.

Indicar para um amigo:


Comentários no Facebook